07 Ferramentas para criar Mapas de Calor no seu Site ou Blog

07-ferramentas-para-criar-mapas-de-calor-no-seu-gite-ou-blog

O fato é o seguinte. Mapa de calor não é uma parada que você faz manualmente ou utilizando uma ferramenta de edição de imagens.

Você até pode criar um utilizando o Excel ou o Google Planilhas.

Mas quando se trata de entender os acessos ao seu site ou blog, o melhor mesmo é utilizar ferramentas apropriadas para isso.

Porque elas vão gerar de forma prática esse tipo de relatório para o seu negócio.

Aqui embaixo eu separei as mais utilizadas no mercado, algumas delas são pagas, mas tem opções gratuitas também.

E eu explico quais tipos de mapas de calor cada uma delas oferece.

Olha só:

1 Hotjar – planos gratuitos e pagos

Hotjar é uma das ferramentas de mapas de calor mais completas que existem no mercado.

Com ela é possível ter acesso a mapas de cliques, movimento de mouse, rolagem e também gravações de sessões de usuários reais.

Além disso, você tem a opção de fazer pesquisas de feedback para entender por que os usuários tiveram determinados comportamentos.

A ferramenta oferece um plano gratuito mais básico para um acompanhamento limitado a duas mil visualizações da sua página.

Isso significa que se você tiver dez mil visualizações, a ferramenta vai considerar apenas duas mil para fazer o heatmap.

O Hotjar também tem opções pagas para empresas com um período gratuito de teste de 15 dias.

2 Crazy Egg – planos pagos

Está em busca de uma ferramenta intuitiva de usar? O Crazy Egg é perfeito nesse caso.

Antes mesmo de optar por testá-lo, você pode acessar o demo para ver como é a interface e alguns relatórios modelos.

O Crazy Egg oferece mapas de calor de cliques e rolagem de página.

O legal é que você tem a possibilidade de aplicar segmentações para obter resultados específicos de acordo com a fonte de tráfego (por país, tipo de dispositivo, se veio de uma busca ou foi referenciado por outro site…).

E ele também separa os cliques por áreas clicáveis e não-clicáveis. Assim você pode descobrir elementos que não são links e botões, mas o usuário acha que são.

Além disso, o Crazy Egg disponibiliza a gravação de sessões de usuários reais e tem uma funcionalidade para teste A/B.

Todos os planos da ferramenta são pagos, mas você pode aproveitar o período de teste gratuito de 30 dias.

3 Mouseflow – planos gratuitos e pagos

Mouseflow é uma ferramenta de heatmap muito popular. Inclusive, é utilizado por grandes empresas como Unicef, Samsung, Pandora, Philips, Bosch e AT&T.

Ele oferece mapas de calor por cliques, movimentos de mouse e rolagem de página. Além de rastrear o preenchimento de formulários e disponibilizar gravações de sessões de usuários reais.

O Mouseflow também tem uma funcionalidade para coletar feedback dos visitantes.

E monitora a passagem de uma página para outra. Assim você pode entender em qual etapa da conversão está ocorrendo a maior taxa de bounce.

A ferramenta oferece gratuitamente um plano bem básico com direito ao acompanhamento de até 100 sessões por mês e você pode testar os planos pagos sem custo nenhum durante 14 dias.

4 Heatmap – planos gratuitos e pagos

Se o que você precisa é de uma ferramenta gratuita só que com uma capacidade maior do que as outros planos que eu já te falei, o Heatmap é ideal para você.

Você pode acompanhar as informações de até um milhão de visualizações de página por mês sem ter que pagar nem um centavo por isso.

O Heatmap oferece mapas de calor de cliques atualizados em tempo real e também permite o acompanhamento de conversão, ou seja, a passagem de uma página para outra até que  a ação esperada seja concluída.

5 SessionCam – planos pagos

SessionCam é uma ferramenta bem completa para monitoramento do comportamento do usuário que oferece insights valiosos para sua estratégia.

Entre as diversas funcionalidades disponíveis estão os mapas de calor por clique, movimento de mouse e rolagem de página.

Além disso, você pode comparar dois heatmaps para entender, por exemplo, as diferenças entre quem acessa seu site por um dispositivo mobile e um desktop.

No site do SessionCam é possível solicitar um teste gratuito da ferramenta e você precisa entrar em contato com a empresa para saber mais sobre os planos.

6 ClickTale

A palavra tale, em português, significa conto ou narrativa. Daí o nome ClickTale, a história (ou narrativa) dos cliques.

Ela é uma plataforma completa com diversas funcionalidades para analisar o comportamento do usuário.

Inclusive, é claro, heatmaps por cliques, movimento de mouse, rolagem e um mapa específico para ver o desempenho dos links de uma página.

Essa ferramenta é utilizada por grandes empresas como Dell, T-Mobile, Adobe e Allianz.

Para contratar um dos seus planos, é necessário entrar em contato por meio de um formulário no site do ClickTale e solicitar uma reunião.

7 Clarity

Se você está empenhado em preparar o seu site para esta atualização, a nova ferramenta de analytics da Microsoft pode ser uma grande aliada.

Na última semana de outubro, a Microsoft lançou Clarity, sua nova ferramenta gratuita de análise de comportamento de usuário.

Surgindo no mercado como uma alternativa mais acessíveis a ferramentas como CrazyEgg, Hotjar e MouseFlow, a Clarity abarca perfeitamente as necessidades de um webmaster focado em UX.

Veja também : 40 Sites Para Encontrar Vagas Home Office

Compartilhe!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Posts Recentes